Skip to Content.
Sympa Menu

gnl - Unix, uma história inspiradora

gnl AT framalistes.org

Subject: GNU // Linux // Software Livre // Privacidade // Segurança // Linha de comandos

List archive

Unix, uma história inspiradora


Chronological Thread  
  • From: Hugo Cerqueira <hrcerq AT disroot.org>
  • To: Lista GNL <gnl AT framalistes.org>
  • Subject: Unix, uma história inspiradora
  • Date: Mon, 12 Oct 2020 17:32:49 -0300


Olá, pessoal.

Quem é que não gosta de uma boa história, não é mesmo?

Um dos efeitos colaterais do meu contato com esse grupo (GNL) que
considero mais positivos foi o meu interesse pela história do Unix e
toda a sua família de sistemas operacionais. Esse interesse surgiu
quando eu escrevia um artigo para a página inicial do que seria na
época (cerca de 2 anos atrás) o site do GNL.

Pesquisando pela história do Unix para usar como referência, acabei me
deparando com artigos elaborados diretamente da fonte da história do
Unix: o centro de pesquisas Bell Labs. Artigos escritos pelo próprio
Dennis Ritchie, co-autor do Unix, falando sobre eventos históricos desse
sistema operacional, bem como da linguagem de programação C, que é
fortemente ligada ao Unix.

E talvez agora você se pergunte: "por que eu deveria me interessar pela
história do Unix?"

Pois bem, o progresso de qualquer área de conhecimento só é viável
quando a história dessa área é conhecida e entendida como uma peça
fundamental. Nada do que fazemos está desvinculado do que veio antes. O
passado é o principal ingrediente que temos para construir o presente.

Talvez o motivo pelo qual algumas pessoas não reconheçam a importância
da história seja por pensar que ela pertence exclusivamente ao passado.
Mas isso não é verdade. Não só a história serve de inspiração para o
presente, como ela acontece no presente também. Nesse momento, coisas
importantes estão acontecendo. Vejamos, no contexto do Unix, alguns
fatos interessantes que estão acontecendo agora:

* Novas linguagens de programação ganham destaque no desenvolvimento
focado em sistemas operacionais: comunidades ao redor das linguagens Go
e Rust tornam-se cada vez mais pujantes.

* O sistema operacional Redox-OS segue em desenvolvimento. É um sistema
unix-like fortemente baseado na linguagem de programação Rust. A opção
por essa linguagem de certo modo vai na contramão de uma premissa desse
sistema: se por um lado ele se propõe a ser inteiramente livre, se
baseia em um ambiente de desenvolvimento que possui restrições de marca
registrada pela Mozilla.

* A distribuição Hyperbola deixa de lado o kernel Linux para novas
versões e resolve bifurcar o kernel do OpenBSD sob a licença GPL. Essa
ação pode ter desdobramentos enormes no futuro.

* Com a tendência à conteinerização, um espaço importante é aberto para
sistemas mais enxutos. A exemplo disso, podemos observar que a imagem
Docker do Alpine Linux é uma das mais utilizadas. Isso pode ter
consequências positivas para além do mundo dos contêineres.

* Biblioteca musl-libc ganha cada vez maior adoção, tornando-se uma
alternativa bastante popular à já consolidada glibc. A já mencionada
distribuição Alpine utiliza essa biblioteca em suas imagens, e a
distribuição Void a oferece como uma das opções.

Eu poderia certamente citar muitos outros fatos interessantes, mas meu
ponto é que a história não apenas deve ser conhecida como ela pode ser
escrita por cada um de nós, na sua devida proporção. Acredito,
inclusive, que o grupo GNL tem a sua parcela de importância, que poderá
crescer no futuro. O tempo dirá.

O "resumo" da história do Unix a seguir é uma boa referência para obter
uma visão macro sobre como tudo aconteceu. Resumo entre aspas mesmo,
porque é um texto bem longo e recomendo que reserve algum tempo para
ler o artigo todo, vale a pena. Ele poupa os detalhes técnicos, e por
isso acredito ser um bom ponto de partida para quem não está a par dos
acontecimentos.

https://frontpagelinux.com/articles/guide-through-history-of-unix-linux-everything-you-need-to-know/

Nota: o texto está em inglês (e até acho que uma tradução disso no
futuro pode ser uma boa), mas por hora, se isso é um problem para você
lembre-se de que existem bons tradutores automáticos, como O Deepl, por
exemplo (https://www.deepl.com/translator).

O artigo é bom, mas faço algumas ressalvas:

1. discordo veementemente dos elogios que faz ao systemd;
2. ele dá a entender que a popularidade do chromeOS (distribuído no
chromebook) foi superior à popularidade das demais distribuições, o que
me parece um exagero. Não vejo evidências disso.

Se quiser ir além, e conhecer um pouco mais as raízes do Unix, eu
aconselho a leitura dos seguintes artigos do próprio Dennis Ritchie:

História do Unix:
https://www.bell-labs.com/usr/dmr/www/hist.html

História de C (esse tem até versão traduzida para português):
https://www.bell-labs.com/usr/dmr/www/chist.html
https://www.bell-labs.com/usr/dmr/www/chistPT.html

E pra complementar, existe também o livro "The Art of Unix
Programming", de Eric S. Raymond.

http://www.catb.org/esr/writings/taoup/html/

Obviamente, o artigo que eu tinha escrito na época ficou guardado, e
assim que tivermos o novo site do GNL, ele será adaptado e publicado lá.

--
Atenciosamente,

Hugo R. Cerqueira

Somente aqueles que assimilam o respeito como valor fundamental
estão preparados para viver em sociedade.


  • Unix, uma história inspiradora, Hugo Cerqueira, 10/12/2020

Archive powered by MHonArc 2.6.19+.

Top of Page